Blog Diário do Marcos!!!

Blog pessoal de Marcos!!! > Sou eu! kospksa

Como me irritar… Apresentando: “Você não faz nada o dia todo” e “Finalmente fez algo”… [Bônus: Havaianas e Professor de Ed. Física]

comodismo-73Eu sei muito bem que sou uma pessoa vamos dizer assim… Com bastante tempo livre… Mas não quer dizer que eu passo o dia todo sem fazer nada. E é isso que o povo não entende…

Tudo começou quando… Pare tudo… Até porque o povo me acha um vagabundo desde sempre. Meu, sério, se eu queria me focar só nos estudos, o povo reclama, só porque minhas notas nunca foram boas e notas ruins são sinonimos de falta de estudo. Bom, também não era a pessoa mais focada nos estudos, até porque entramos em outro probleminha meu: déficit de atenção… Mas é assunto pra outra hora… Agora acabou meus estudos… “Antes tinha desculpa, porque você estudava, agora não faz nada o dia todo mesmo”… Ok. Vai se fuder.

Eu trabalho, eu ajudo em casa… Lavo roupa algumas vezes, cozinho quando não tem ninguém em casa e eu estou sozinho e morto de fome… Fica uma gororoba na maioria das vezes.. Mas pelo menos eu consigo sem me queimar… Poxa eu sou tão legal, não mereço uma pessoa chegar em mim e falar coisas do tipo “ah vc não faz nada o dia todo então faz isso pra mim”… Vai… Aix… Nem quero perder tempo… Bom… Na verdade eu já estou perdendo tempo, então continuemos…

Pra você ter uma ideia, até… sei lá… 5 anos atrás, até pra pegar minha roupa pra tomar banho era minha mãe que fazia (ok, algumas vezes eu acabo pedindo e minha mãe acaba, as vezes, fazendo… Costumes… ksopaksopak)… To tentando melhorar essas dependências… Mas ficar me bombardeando com “Você não faz nada o dia todo” e derivados, não está ajudando em BOSTA NENHUMA SEU ENERGÚMENO! Inclusive meus pais estão inclusos nessa lista de pessoas…

Ah, Marcos, mas eu trabalho e você finge que trabalha ai… Vai procurar um emprego, ou vai fazer outra coisa durante o dia…

Seu(sua) COISUDO(A)… Ainda pergunta… Fica reclamando a hora toda e de TUDO que eu faço. Pra que eu vou perder meu tempo fazendo algo que o povo vai ficar reclamando? Não da vontade de fazer nada. Não quero fazer qualquer coisa, não quero ir a qualquer lugar, não quero ir sozinho, nem com “qualquer pessoa”… Quero sair sim. Quero trocar de emprego… Quero fazer sim novas amizades.. Quero namorar… (Essa parte risquem, ok? ksopakspoak)… Mas não quero com “qualquer um(a)”. Não quero qualquer emprego… Quero coisas que realmente me façam me sentir bem e que façam bem pra mim.

Mas agora vamos para o “outro lado da história”: Eu “finalmente faço algo que preste”… É quase a parte mais irritante… Sério. Odeio ouvir falarem coisas como “finalmente fez tal coisa”, “finalmente veio bla bla bla”… Inclusive tenho uma historinha de Ensino Fundamental pra contar… E como o blog é meu, eu vou contar…

Bônus: Havaianas e Professor de Ed. Física…

Eu nunca gostei de usar tênis… E até minha 8ª série isso ficava muito evidente… Eu raramente ia com tênis pro colégio. Sempre estava eu com meu chinelo (Havaiana… rsrs) inclusive dias de frio… E meu professor de Ed. Física (oi professor Alessandro… Tutu bem?) praticamente (ou realmente) me ODIAVA pois eu raramente ia de tênis. Me mandava pra orientadora, que me mandava bilhetinho. No dia seguinte estava eu de tênis… 2 dias depois eu estava novamente usando minhas havaianas pra desgosto tanto dos professores quanto dos meus coleguinhas de classe…

Quantas vezes inclusive eu não ouvi “ele não vem de tênis, não faz Ed. F. e ganha a mesma nota que a gente”… isso só me deixava mais e mais irritado (interiormente, porque exteriormente… Eu já falo, esperem…) e só me deixava com mais vontade de ficar usando minhas queridas Havaianas com as cores da nossa bandeira sempre que possível.bully1

Eu inclusive (praticamente, melhor), virei amiguinho da orientadora de tanto que ia pra lá… Foi bom pra mim essa história toda por sofrer bullying no colégio direto… Nem ligava muito (estava super acostumado), mas enchia o saco as vezes… E estar sempre por lá, deixava-a par da situação, o que fazia a presença dela e de outras pessoas da diretoria ou até mesmo professores serem constante pra dar sermões na sala de aula…

Até que finalmente tudo acabou… Fiquei bem mais triste por ter acabado, do que feliz… Feliz por ter acabado as partes ruins… Mas tinha tantas lembranças lá… :/

Bom… Agora chega que já to saindo do contexto…

Essas coisas de ficar falando como se eu realmente fosse um inútil e “finalmente fez algo” só piora a situação, sabia? Eu instintamente faço exatamente o que vai evitar que a pessoa fale coisas do gênero…

Bom… Resumindo: Vá cuidar da sua vida e pare de dar pitacos sobre a minha vida…

 

Obrigado gente por ler… Se não leram, tudo bem, né… Eu sei que esperavam mais desse texto… Eu também. Sei que não consegui me expressar com clareza e deixar todas as minhas opiniões sobre o assunto claras, mais infelizmente eu tenho esses probleminhas… Desculpem… :/

Mas não esqueçam de compartilhar com todas az’miga… Quero bastante views nessa coisa… kospakopsaks ;D

AHHH… Antes que eu esqueça: A mini-sériezinha do smartphone que eu estou postando no blog só está um pouco atrasada… Mas logo crio vergonha na cara e escrevo o resto ok?

Dicas, sugestões, whatever pra me por pra baixo? Engola-as… Obrigada…

Visitem meu Tuister: @marcos_5000
Meu canal no Zutube: http://www.youtube.com/user/marcos3023

Bye, kisses… ;*

Anúncios

maio 15, 2012 - Posted by | Dear Diary, Essa vida, Eu | , , , , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: